terça-feira, 8 de julho de 2008

Mais um desvio de fundos destinados à compra de propriedades?



Comentário:Andam todos a meter a mão na massa, no país do progresso do retrocesso, considerado como um dos maiores produtores de petróleo, onde a sua capital vive de mal a pior no que diz respeito aos postos de abastecimento de combustíveis de modo a satisfazer as necessidades da população.As verbas desaparecem sem ninguém dar satisfações e sem rasto.Isto é um bom exemplo de como os gestores e generais conseguem arranjar fundos para comprarem propriedades dentro e fora de Angola, sem que ninguém se preocupe mínimamente com a origem das verbas para a sua aquisição.E o povo indiferente, a vê-los passar à sua frente em carros de luxo topo de gama, em plena ostentação rodeada de misérias.

E diz esta gente, AMAR O SEU PAÍS...

Angola o país das oportunidades para o GAMANÇO DESCARADO, onde a culpa morre sempre SOLTEIRA, quando os ladrões pertencem ao grupo dos governantes e da podridão com a qual é constituída as novas classes sociais média e alta (ler Pepetela - Predadores).

2 comentários:

fernando baião disse...

É engraçado, estou a lembrar-me dos autarcas portugueses que roubam à descarada, até saiem do país perseguidos pela justiça e depois voltam e são eleitos, novamente.Os empreiteiros que fogem ao fisco e nada lhes sucede, presidentes de clubes que "chupam" comissões nas transacções de jogadores e mantêm-se impunes. Os angolanos tiveram durante 500 anos bons professores.

cazimar disse...

*Caro fernando baião, sem dúvida nenhuma os professores oportunistas portugueses da era moderna " RETORNARAM " todos a Angola, encabeçados pelos partidos da direita (PSD) e da esquerda (PS, PCP).Talvez seja por isso, que eu não uso o meu voto em nenhum deles.É tudo farinha do mesmo saco

Abraços