quinta-feira, 7 de agosto de 2008

Mercado do Kinaxixe - Crime Arquitectónico

Mercado Kinaxixe


Data de Construção: 1950/1952
Autor - Arquitecto Vasco Vieira da Costa


O mercado Kinaxixe é uma das obras mais emblemáticas deste arquitecto e da arquitectura com influências Corbusianas, que maior valor internacional, haverá no território angolano. Obra referida nas revistas da especialidade, como uma das mais importantes, efectuada pelos portugueses durante o século XX.
Este arquitecto trabalhou com Le Corbusier *, tal como Óscar Niemeyer, o que, no mundo inteiro não haverá mais de uma dúzia de arquitectos, que possam ostentar essa particularidade no seu currículo, e penso que foi um dos fundadores da faculdade de arquitectura de Luanda. Nome respeitado entre os arquitectos portugueses, que tive a oportunidade de conhecer no final da década de 70, numa das suas visitas à Escola de Belas Artes do Porto.


Le Corbusier (1887- 1965) - arquitecto francês de origem suíça considerado juntamente com Frank Lloyd Wright, Alvar Aalto, Mies van der Rohe, um dos mais importantes arquitectos do século XX, lançou as bases do movimento moderno de características funcionalistas, formulando uma nova linguagem arquitectónica que influenciou todas as gerações posteriores.


Shopping Kinaxixe - proposta de construção de um moderno shopping center a localizar exactamente no conhecido mercado Kinaxixe.
O edifício terá seis andares, três dos quais subterrâneos, destinados a estacionamento de 226 viaturas, e outros três para lojas. Àrea total construída - 55 mil metros quadrados.
Os três primeiros andares, com o perímetro totalmente climatizado, terão sete salas de cinema, lojas de brinquedos e espaço de actividades para crianças, alimentação e supermercados.
Valor estimado - 30 milhões de dólares (desactualizado).
As "desatenções" sucedem-se

KINAXIXE, EXEMPLO MAIOR DA ARQUITECTURA TROPICAL

O Kinaxixe, para além do valor patrimonial enquanto obra arquitectónica, é um dos últimos grandes exercícios de arquitectura tropical produzidos no País e que traduz, de forma indelével, o pensamento que deve estar subjacente à cultura construtiva em países tropicais. Se no caso do edifício do D. Ana Joaquina havia, fundamentalmente, a carga da sua história, no caso do Kinaxixe não!



É um edifício com nobreza, referenciado nos livros de arquitectura universal como uma referência conceptual e construtiva. "Para além de ser o único edifício de Angola referenciado no livro "Arquitecturas do Mundo", ele representa sob o ponto de vista da arquitectura tropical, a essência do pensamento sobre a ventilação cruzada e a forma como o betão deve ser usado em regiões tropicais , sendo a sua estrutura formal e compósita , um ponto de partida para se analisar o que se pode ou se deve fazer, em regiões tropicais.

O edifício reflecte os elementos base do pensamento sobre arquitectura tropical, ou seja a ventilação cruzada, o recurso ao Grande pé direito, a luminosidade controlada, as protecções a poente no percurso da incidência solar, as relações espaço/ventilação, humidade/conforto térmico. Não é por acaso que vem referenciado no livro das arquitecturas do Mundo!

Por ANDRÉ MINGAS*
Arquitecto angolano



Comentário: Perante este revoltante crime arquictetónico, só apetecer dizer: "São uma cambada de assassinos matumbos "

Para evitar, ter que usar outros adjectivos mais ofensivos para os vladmiros ébrios, que tomaram a decisão da derrocada deste importante símbolo arquitectónico, vergados aos lobbies da construção civil das empresas brasileiras e de outras, que proliferam e destroem o património do país.

Isto parece, uma obra de decisão de um general corrupto.



2 comentários:

Salucombo_Jr. disse...

na verdade, nem é do Kinaxixi que (já não) quero falar.

é apenas sobre a música que tem no fundo... muito boa!

abraço

Nicia disse...

E eu sinto que tenho que ir pra Angola, Luanda.Só não sei como chegar até lá.
Se alguém quiser me ajudar!!
Até..