quinta-feira, 29 de maio de 2008

RELATÓRIO DA AMNISTIA INTERNACIONAL RECONHECE PROGRESSOS MAS...

Fonte:VOA


A Amnistia Internacional (AI) reconheceu melhorias em Angola, mas voltou a constatar que defensores e organizações de direitos humanos foram vítimas de ameaças e de crescente intimidação.

O último relatório desta organização independente, referente ao ano de 2007, refere que a liberdade de expressão foi restringida e que um jornalista foi preso enquanto que outros dois ficaram detidos quando faziam uma reportagem sobre desalojamentos forçados no bairro Iraque .

A (AI) constata ainda que houve casos de expulsões forçadas e de violações de direitos humanos cometidas pela Polícia embora reconheça que tenha sido em níveis menos elevados do que em anos anteriores.

Reporta a rebelião na Cadeia Central de Luanda que deixou mortos e feridos, sobre a qual diz que «houve controvérsias sobre o número de mortos». Sobre este assunto a AI diz que os familiares dos presos que tentaram fazer uma passeata até ao Palácio Presidencial, « impedidos pela Polícia».

Para a AI, não obstante ter havido uma diminuição no número de vítimas de desalojamentos forçados «o risco dessas expulsões continuou a existir». Reconhece que algumas das pessoas despejadas à força em 2007 foram realojadas, mas mesmo assim afirma que o Governo se «empenhou muito pouco e, em alguns casos, nem tentou realojar ou oferecer compensação às centenas de famílias que foram expulsas.»

Segundo a AI, as mesmas pessoas continuaram desabrigadas, vivendo nas ruínas de suas casas e correndo o risco de serem novamente expulsas.

O relatório constata ainda que a Polícia cometeu diversas violações de direitos humanos, como detenções e prisões arbitrárias, torturas e maus-tratos, que ocasionaram a morte de pessoas sob custódia.


Reporta o caso do cidadão Francisco Levi da Costa acusado de tentar roubar três caixas de peixe que teria sido golpeado na cabeça tendo morrido dentro da cela A AI diz que «ninguém foi preso em conexão com sua morte».

Os defensores de direitos humanos, refere o relatório, enfrentaram crescente intimidação e ameaças bem como diversas ONG’s que foram acusadas de incitar a violência pondo em causa o exercício de suas actividades.

São os casos da Associação de Justiça, Paz e Democracia (AJPD), a Mãos Livres, a Fundação Open Society e a SOS-Habitat.

O relatório denuncia também que as autoridades angolanas expulsaram «com violência milhares de imigrantes congoleses, das áreas de extracção de diamantes no norte de Angola para a República Democrática do Congo». Segundo a AI «muitas das mulheres imigrantes expulsas foram estupradas pelos militares angolanos durante a expulsão».




Comentário: O lado negro do cardápio do progresso de marketing de Angola.

Paradigma, um cidadão anónimo rouba três caixas de peixe, e é morto, inclusive ninguém é culpabilizado ou responsabilizado pela sua morte.A máfia dos criminosos que ocupam e convivem (generais das FAA e forças policiais) com o poder, roubam e matam dessenfreadamente e descaradamente pessoas e os cofres e riquezas de Angola, todo o povo sabe quem são.Uma dessas pessoas, dá pelo nome Isabel dos Santos filha do Presidente JES, e ninguém a prende nem a condena à morte por roubos a milhões de angolanos. Sem falar da restante filharada e mulherada que compõe o reino de JES.

A justiça em Angola, é feita na base de « uns serem filhos - pertencentes às boas famílias e ao poder - demasiadamente ricos que roubam para investir em bancos privados e outros serem enteados - pertencentes ao povo - demasiadamente pobres que roubam para sobreviver e alimentar os seus filhos e família ».

Outra situação alarmante do cardápio negro do progresso de Angola, é constatarmos que as « autoridades angolanas TAMBÉM EXPULSAM OS CONGOLESES das áreas de extracção de diamantes no norte de Angola», à semelhança do que está acontecer na África do Sul.Provávelmente o ANC de Zuma, seguiu as indicações do seu amigo JES, colaborante e pagante activo da campanha de Zuma, na subida ao poder na África do Sul.

O resumo deste cardápio negro do progresso de Angola, elaborado pela AI, pode ajudarmos a concluir, que todas as barbariedades, violações, ameaças, intimidações, perseguições, expulsões etc., têm um rosto.Um rosto militar, vestido com as fardas das FAA dos generais da corrupção, e das forças policiais (comandantes).O rosto que protege o poder dos ataques do povo, à ganância presidencial.O rosto, que recebe e manda executar as ordens de José Eduardo dos Santos, pois como é sabido, o presidente controla todos os poderes do país do Progresso só para os ricos

É por estas e por outras que o poder JES, manda encerrar ou manda perseguir todas as delegações pertencentes a organismos humanimários nacionais e internacionais que estejam a trabalhar directamente com o povo, onde a sua visão é real e cruel, e segundo JES e o MPLA estão apostados em DENEGRIR A IMAGEM DE ANGOLA, tal como fez Bob Geldof ao dizer "Angola é gerida por criminosos".

Ainda acreditam, que em Angola as eleições vão ser Justas e Democráticas ?

7 comentários:

fernando baião disse...

Infelizmente a nossa realidade não pode ser considerada boa, temos coisas muito más, mas também temos algumas razoáveis. Não se pode esquecer que o país saíu de várias guerras, a colonial e a civil e ainda é uma criança. A impreparação das nossas gentes em vários domínios é um facto e dá origem a actos que são considerados graves. Mas, num país europeu como é a antiga metrópole, com muitos e muitos anos de existência ainda hoje verificamos atitudes, mortes, assassinatos de um país do terceiro mundo, basta ver os noticiários das suas televisões. As eleições estão à porta e penso que a maioria dos angolanos atingiu uma maturidade que lhe permite efectuar uma melhor escolha, apesar de se dizer que já está tudo cozinhado e que o partido do governo já ganhou. Não será assim tão fácil, vamos talvez ter surpresas sobretudo nas cidades de maior densidade populacional, porque, no interior, infelizmente o povo vota em quem tem o poder e as armas. Penso que a abstenção vai ser grande, pois votar na actual oposição, não se irá beneficiar muito, saiem os do poder e entram os da oposição, para os lugares de chefia, as famílias de uns saiem e entram as dos outros. O fosso entre os ricos os muitos pobres cada vez é maior, apesar de estarmos em Paz e o petróleo inundar Angola de biliões de dólares. Este tema dava pano para mangas, portanto, vou ficar por aqui.Não é crítica destrutiva, pois todos temos o direito de manifestar aquilo que achamos justo, mas penso que, os comentários deste blog, são um pouco acintosos.No entanto, estamos juntos, como dizemos lá na terra.

cazimar disse...

Meu caro fernando, disse e muito bem "pois todos temos o direito de manifestar aquilo que achamos justo ".

Temos esse direito, porque mal ou bem, vivemos em países onde existe a liberdade de expressão.

Não será por considerar os comentários deste blog " acintosos" que vai ser perseguido até á morte ou ser privado de o frequentar ou de exprimir a sua opinião e ser encarcerado numa cadeia.Esta é a diferença entre o estar dentro ou fora de Angola.

Cada um "está junto" à sua maneira.

Para falar bem de Angola, já basta a minoria de corruptos que come do mesmo prato que os criminosos de Angola, servidos à mesa pelo Jornal de Angola com a foto de Bob Geldof estampada na capa.

Falam bem de Angola precisamente porque estão mais interessados na partilha dos seus interesses comuns, enquanto lá fora acumula-se a miséria.

Sou filha da terra, mal ou bem, com maior ou menor angolanidade, não vão "Jamé" poder arrancar as minhas raízes, nem amordaçar a minha boca e a liberdade dos meus dedos.

Um abraço

Volte sempre

Viva a minha Angola !!!

fernando baião disse...

Cara Cazimar. Mandei ontem um comentário para aqui e não apareceu, penso que não esteja a ser censurado(tou a brincar). Saudações revolucionárias

cazimar disse...

Caro fernando, até ao momento os comentários que este espaço recebeu com a sua autoria, são os que constam públicamente.Deve ter feito confusão ?!?!

Bem dito "saudações revolucionárias".Temos que fazer uma Ñova Revolução Mundial " para ver se o Mundo se endireita !!! ;)

cazimar disse...

Caro fernando, até ao momento os comentários que este espaço recebeu com a sua autoria, são os que constam públicamente.Deve ter feito confusão ?!?!

Bem dito "saudações revolucionárias".Temos que fazer uma Ñova Revolução Mundial " para ver se o Mundo se endireita !!! ;)

fernando baião disse...

Infelizmente, já não vamos ser nós a fazer a tal Grande Revolução, pois nem no nosso país somos capazes de fazer uma mais pequena.Vamos ter esperança que a próxima geração a faça, pois o povo angolano heróico e generoso bem o merece. Vamos todos fazer força para que tal aconteça, contribuindo com aquilo que cada um de nós possa dar. Pareço um padre a falar, mas até sou ateu. Fica bem, kandandu forte.
P.S. quanto ao comentário se calhar fui eu que teclei erradamente

Anónimo disse...

Pois é Cazimar e, amigos leitores, estamos diante de um caso perdido, em se falando dos governantes de Angola. O Fernando, deixa-nos saudações revolucionárias e a Cazimar apoia, assim como eu, e, logo a seguir o Fernando, coloca-nos com os pés na terra. Não temos ipótse de fazer nada a não ser escrever para o mundo e, isso a Cazimar o faz muito bem.e calhar, proximas gerações poderão colocar um basta nestes corruptos angolanos.Um abraço a todos,
Alexandre