sábado, 31 de maio de 2008

O que se pode ler na imprensa estrangeira sobre Angola

(clicar em cima das imagens para ampliar facilitando a leitura)




Nota: O artigo não foi traduzido propositadamente, para evitar más interpretações, devido à tradução.Assim, fica o seu registo na íntegra.

Peço desculpa pelo inconveniente que o artigo pode acarretar para todos aqueles que não dominam a língua inglesa

2 comentários:

fernando baião disse...

As estatísticas apresentadas no artigo em questão não trazem nada de novo, mais coisa, menos coisa, torna-se repetitivo. Agora, dou-lhe os parabéns, descobrir um jornal ou brochura, com nome que quase ninguém conhece e datado de N0V/2007, é obra.Já há coisas mais recentes, mudança da lei eleitoral à última da hora, prédios que caem, trânsito caótico, estradas alcatroadas recentemente, que com as chuvadas o asfalto desaparece, pontes, que depois da passagem do primeiro camião vão abaixo, enfim tanta coisa mais interessante do que o aumento da produção do petróleo, que as casas estão a preços que concorrem com NY e Hong Kong, que os hoteis não têm lugar por causa das petrolíferas, já foi mais que falado e torna-se cansativo.Tenha um bom dia de domingo, menina Cazimar.

cazimar disse...

Caro fernando, são estatísticas antigas, muito actuais.Fico feliz por saber que conseguiu ler o artigo em questão, com a ajuda das suas palavras mais actual se tornou o "artigo de NOV 20007", significa que o avanço em Angola foi «zero», até cansa só de ver que o Progresso é o retrocesso.Um bom domingo para si menino fernando